Sementes Piratas: Veja porque você deve ficar longe delas

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Primeiramente porque a pirataria de sementes é crime e está prevista na Lei de Proteção de Cultivares nº 9.456/97. Além disso, sementes inadequadas ou de baixa qualidade podem comprometer toda a produção, gerando muitos prejuízos. O ideal é sempre utilizar sementes certificadas.

Abaixo separamos mais alguns motivos para não semear sementes piratas na lavoura e optar pelas sementes certificadas:

  • Semente certificada tem controle de gerações, você saberá quando ela chegar a 5ª geração, por exemplo, período em que já não expressa todas as suas potencialidades, ocasionando perdas de rendimento.
  • Certificação de qualidade garantida, atestada por laboratório do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. Garantia de que a semente irá germinar e não infestará a sua lavoura.
  • Outra vantagem das sementes certificadas é a tecnologia e inovação agregada, pois contam com os mais recentes avanços do melhoramento genético de plantas.

Com essas informações é possível ficar longe de sementes piratas e garantir uma safra mais segura e lucrativa.

Fonte: Revista Agrocampo

Fique conectado

Mais notícias

Login